sexta-feira, maio 24, 2013

Coração de Tinta


O que você faria se tivesse o dom de ler para fora das páginas de um livro seus personagens? O dom da Língua Encantada é consentido a poucos, entre eles Mortimer - ou simplesmente Mo - um restaurador de livros que a muito parou de ler em voz alta. Um dos problemas do dom é que quando um objeto ou personagem sai do livro outro objeto ou pessoa tem de entrar para ocupar o espaço vazio.


O mesmo dom que lhe trouxe alegria, agora lhe trás angústia, dor e sofrimento, tudo isso ocasionado por um único livro: Coração de Tinta. O livro levou sua esposa e mãe de sua filha Meggie, que desde pequena foi incentivada pelo pai a ler e conhecer novos lugares por meio de histórias. Depois do "desaparecimento" da esposa, Mo tenta desesperadamente traze-la de volta a seu mundo lendo Coração de Tinta em voz alta sempre que pode. Há anos ele tenta mas nunca consegue. No dia em que Resa foi levada deste mundo vieram em troca personagens do livro, entre eles Dedo Empoeirado, Capricórnio e seus homens sem coração. Capricórnio é um dos vilões que virão a aterrorizar a vida de Mo.



Eles se mudam então, para a casa de Elinor, uma senhora meio caduca que possui uma casa enorme, onde poucos cômodos não estão entupidos de livros. Tempo depois, acontecimentos intrigantes fazem com que Meggie, Mo e Elinor sejam aprisionados na aldeia de Capricórnio. O vilão até então, já tinha conseguido vários recrutas para sua fortaleza. Um dia, ainda na aldeia, Mo traz a este mundo Farid. Os três prisioneiros de Capricórnio, e até Dedo Empoeirado, que ajuda-os a sair de tal encrenca, acabam se afeiçoando ao garoto Farid. Muitas surpresas (para Meggie principalmente),mortes e acontecimentos ainda vão acontecer.

  
Ficha Técnica:
Autor: Cornelia Funke
Editora: Cia. Das Letras
Gênero: Literatura Juvenil
Número de páginas: 456
Nota: 9,5/10


"Você mesmo sempre diz que os livros têm que ser pesados, porque o mundo inteiro está dentro deles."
(Meggie)


Obs:. Confira o trailer do filme Coração de Tinta, adaptação cinematográfica do livro dirigida por Iain Softley >>>


Nenhum comentário:

Postar um comentário